sexta-feira , novembro 16 2018
Home / Importante / Como funciona o seguro residencial

Como funciona o seguro residencial

O seguro residencial é muito conhecido por servir como proteção da sua casa dos principais riscos que ela corre. Assim, se você optar por contratar esse tipo de seguro, terá coberturas exclusivas para o seu lar, como contra roubo e furto, incêndio, queda de raio e explosões, danos elétricos, acidentes pessoais, inundações e alagamentos, entre outros.

Este é, portanto um produto com coberturas multirriscos, ou seja, oferece um conjunto de seguros conjugados e agrupados em uma apólice, sendo destinado para residências individuais, como também casas e apartamentos.

Com isso, quando você adquire um seguro residencial, você preserva seu patrimônio em diversas situações, além de contar com assistências 24 horas com encanador, eletricista, vidraceiro e chaveiro, para resolver pequenos imprevistos.

Saiba mais como funciona o seguro residencial

Sua casa guarda a sua história, as suas conquistas e tudo o que tem valor para você. Por isso, é importante que você saiba como funciona o seguro residencial que mais atende suas necessidades e cuide do seu lar e da sua família com tranquilidade e sem surpresas no orçamento.

Normalmente, todo seguro residencial possui uma garantia ou cobertura básica que cobre todos os prejuízos que podem ser provocados em diversas situações.

Assim, a partir da garantia básica existem ainda outras adicionais que também podem ser contratas, visando complementar o seguro e proteger o imóvel contra outros riscos.

Dentre estas situações, é possível acontecer problemas como:

  • Roubo;
  • Desmoronamento;
  • Impacto de veículos;
  • Queda de aeronaves;
  • Vendaval;
  • Furacão;
  • Ciclone;
  • Chuva de granizo;
  • Danos elétricos, e muitos outros.

Entretanto, além dessas coberturas adicionais, também existe uma enorme variedade de serviços que podem ser oferecidos ou contratados, o que irá depender de cada seguradora.

Você ainda pode contratar ressarcimento de prejuízos causados a outras pessoas involuntariamente, tanto por você como para quem mora ou trabalha na sua casa.

Geralmente, as residências estão sujeitas a diversos riscos e para cada uma existe coberturas específicas. Além disso, as opções oferecidas pelas seguradoras são muitas, e entre elas está a associação do seguro residencial ao de vida e ao de acidentes pessoais, o qual se destina a prevenção de acidentes domésticos sofridos por quem estiver na sua residência.

Junto ao seguro, o cliente pode escolher também contratar assistências 24 horas. Em muitas companhias, elas podem vir de graça, dependendo do seguro escolhido. As assistências contemplam serviços de chaveiro, encanador e eletricista, entre outros.

O que o seguro residencial não costuma cobrir?

Geralmente, a lista de cobertura de um seguro varia conforme a seguradora. Entretanto, é importante atentar-se ao que está descrito no contrato assinado, para não passar pela surpresa, por exemplo, de ter a casa roubada e o seguro só cobrir casos de incêndio.

Com isso, a recomendação é ler todos os tópicos no manual do segurado. Na maioria das empresas, as exclusões mais comuns são as falhas na construção, furtos sem vestígio de arrombamento e defeitos preexistentes.

Principais obrigações da seguradora

No seguro residencial, o valor das indenizações normalmente está limitado ao valor contratado em cada cobertura. Assim, a seguradora tem a obrigação de cobrir tudo o que estiver no contrato. Por isso é tão importante à atenção do consumidor na leitura da apólice do seguro.

Principais cuidados na hora de contratar um seguro residencial

Antes de realizar qualquer contratação, é necessário que o consumidor escolha com cuidado a seguradora. Por isso, é interessante realizar pesquisas, ver o nível de reclamações contra a empresa, conferir se ele possui uma boa marca e se está funcionando bem.

Tudo isso é muito importante para aumentar as chances de ela cumprir aquilo que vende. Entretanto, é recomendado ainda que o consumidor atente-se ao questionário de avaliação de riscos, a qual é uma série de perguntas feitas pela seguradora.

Normalmente, as seguradoras utilizam este documento como base para calcular o valor do seguro. Com isso, é preciso ser absolutamente honesto nas respostas, pois se houver informações erradas a empresa pode deixar de pagar o seguro em caso de sinistro.

Por fim, é importante se atentar ao preço, onde o recomendado é nunca deixar ser guiado somente pelo custo mais baixo, pois é preciso garantir que você conseguirá receber aquilo que contratou em caso de necessidade.

Por isso, procure avaliar bem as características do seguro em critérios, como bens não garantidos, franquias aplicadas em caso de sinistro e benefícios agregados ao produto, como sorteios e assistência 24 horas.

Além disso, faça uma simulação de um seguro residencial e consequentemente uma cotação, pois assim você poderá encontrar algum plano que melhor se encaixa nas suas necessidades.

Portanto, o seguro residencial leva em consideração a preocupação com a proteção e benefícios para sua residência. Com isso, entre agora mesmo no site da corretora de seguros Frizzera Porto e garanta diversos serviços que podem ser personalizados de acordo com as suas necessidades.

Sobre Frizzera Porto

Veja também

Cotação Sem Compromisso: cuidados na hora de cotar seu seguro

Cotar seguro é algo que deve e precisa considerar também alguns cuidados, sabia? Na verdade, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *